Archive for junho, 2015

Manual prático de investimento no Tesouro Direto (títulos públicos)

0

Olás!

Ah eu voltando depois de muito tempo de novo, não prometo mais nada agora…

Mas vamos lá, novamente a necessidade de alguns amigos e parentes me motivou a escrever esse post.

Primeira coisa: Não entre em Pânico! E leia até o final antes de pensar em desistir!

dontPanic

Apesar de haver milhares de sites, posts, notícias sobre investimentos, todos são muito genéricos e abertos, e acabam desestimulando as pessoas a investir.

Aqui eu não vou discutir qual a melhor aplicação nos detalhes, nem vou ficar sugerindo muitas opções, vou restringir para facilitar.

Depois que você fizer a sua primeira compra do Tesouro e finalmente entender como é ridiculamente fácil, aí você começa a procurar outras opções além das dadas aqui.

Então é isso, vou restringir suas opções, mas você vai ter um guia direto, rápido e fácil de como sair fora da poupança e ir pros investimentos de verdade!

poupanca
Fuja da Poupança!

 

Passo 1: Criar uma conta em uma corretora

A corretora utilizada será a Easynvest. Motivos? 0% de taxa para aplicações em renda fixa, isso, de graça!

Não existe pegadinha e pode parar com a mania de conspiração, infelizmente não ganho comissão deles e só isso que é de graça lá, ações por eles acho bem caro, por exemplo, mas como não vamos mexer com elas lá, isso não importa pra gente.

Outros pontos fortes dela:

1. Cadastro da conta TOTALMENTE online, você só precisa mandar o contrato assinado escaneado por e-mail.

2. Interface fácil e amigável.

3. Tem conta no Bradesco, ou seja, quem também tiver manda seu dinheiro pra lá de graça, sem pagar nem DOC/TED.

Easynvest

Tendo explicado até demais o porquê da corretora (bastava o taxa 0 pra mim! hehe), como abrir a conta?CadastroEasy

Entre em www.easynvest.com.br e clique em criar login no canto direito superior.

Preencha esse simples pré cadastro.

Logo em seguida você receberá um código que será sempre necessário para logar no sistema, guarde esse código.

Utilizando o código você já entra no portal e faz um cadastro mais completo das suas informações, são 6 passos bem simples, já contando com a transferência dos primeiros recursos que pode ser feita depois.

Ao final ele te indicará seu perfil de investidor (apenas informativo) e te enviará um e-mail com mais detalhes.

Pronto , agora você já está habilitado a fazer diversos tipos de investimentos, como Títulos Públicos, Privados, LCs, CDB, LCIs, ações, etc!

Cadastro

Cadastro

 

 

Passo 2: Como a grana aparece lá?

A corretora é como um banco qualquer, a diferença é que elas fazem uso de contas de outros bancos, no caso da Easy, do Bradesco.

DinheiroVoando

Então, para transferir o dinheiro para sua conta basta fazer uma transferência para a conta Bradesco da corretora, que é:

Favorecido: Easynvest – Título Corretora de Valores SA   CNPJ: 62.169.875/0001-79

Banco Bradesco – 237 – Agência: 2846-0 – Vila Olímpia – SP    Conta corrente: 100100-0

 

Após a transferência é bom ir em Conta > Movimentação e registrar que a transferência foi feita, mas muitas vezes ela já aparece no saldo automaticamente sem eu fazer nada.

 

Passo 3: Vamos às compras!

Agora que as burras estão cheias de dinheiro, é hora de gastar tudo!

meninaFazendoCompras

Única hora que um pão duro compra feliz, pois comprar aqui significa investir e gerar mais dinheiro!

Seguindo o caminho simplificado do post, vamos comprar Títulos da Dívida Pública/Tesouro Direto/TD, ou seja, vamos emprestar dinheiro pra Dilma.

Na Easynvest temos que ativar os produtos antes de usá-los, mas é bem simples. Clique em Produtos e Promoções, a estrela.

Procure Título Público, clique nele e depois em Aderir e coloque sua assinatura eletrônica. Pronto, está ativado!

 

Agora a parte de efetivamente comprar: no menu da esquerda clique em Renda Fixa > Título Público.

Aí está o seu cardápio, é só escolher!

Ignore os preços (mas hein!?), ignore porque você pode comprar frações e múltiplos desse valor, então ele não importa.

Olhe só para a taxa de juros. O vencimento também não importa muito, pois você pode vender os títulos antes do vencimento, mas claro que quanto mais tempo com eles melhor.

Compra1

Para você ter o gostinho de comprar um título, compre o Tesouro IPCA (NTNB Principal). Ele é indexado pelo IPCA e portanto super seguro, não tem perigo de perder dinheiro com ele, compre algo como uns R$ 500 ou R$ 1.000 só pra sentir.

 

Outras opções

Agora que os Títulos públicos não são mais aquela coisa nebulosa e distante para você, você pode experimentar outros investimentos como LCs, LCAs, LCIs e CDBs.

Escolhas...

Escolhas…

Numa explicação básica, TD, as LCs e o CDB têm Imposto de Renda (IR) e as LCAs e LCIs não.

Então para chegar no lucro real do TD, LC e CDB é preciso descontar o IR, permitindo a comparação com as LCAs e LCIs. Para tirar o IR vou dar um exemplo:

Uma LC que rende 120% do CDI e com 15% de IR versus uma LCI que rende 90% do CDI. Para saber o rendimento real da LC é preciso descontar os 15% do IR, reduzindo os 120%, da seguinte forma: 120 x (1 – 0,15) = 120 x 0,85 = 102% do CDI. Ou seja, esta LC é realmente melhor que aquela LCI, mesmo tendo IR.

Fazendo isso você pode comparar qualquer tipo de investimento, caso o investimento tenha um indexador variável como o IPCA é preciso estimar um valor o mais próximo possível da realidade para comparar, para isso consulte o histórico destes indexadores como IPCA, IGPM, CDI e SELIC.

 

Mas não se preocupe muito com isso agora, compre seu primeiro título e naturalmente você vai começar a procurar outras opções.

Abraço!

 

Como hospedar um site pagando somente a taxa de registro do domínio

1

Olá pessoal, Sr. Patinhas para seu primeiro post no site.

O que vamos discutir hoje é um assunto que existe aos montes na internet, mas que é muito pouco instrutivo e muito cheio de propagandas.

Iremos considerar que você ainda não está “na internet”, ou seja, não tem o registro do seu domínio, não tem servidor de conteúdo nem de e-mails.

Ao final deste tutorial você terá configurado um domínio com o nome da sua empresa ou blog, contas de e-mails para este domínio e uma página fácil de dar manutenção, e tudo isso da melhor maneira que nosso blog gosta: (quase) De graça!!!

Conta de e-mail centralizada

funny-internet-grandma-meme-gmail-hotmail-need-email-pics

Para que possemos trabalhar com todos os serviços que serão cadastrados e configurados, recomendo que você crie uma conta de e-mails centralizada em um serviço como Gmail para servir como base para todos os serviços. Recomendo algo como: webmaster.nomedoseusite@gmail.com

O registro é muito simples de ser feito e, por isso, não será dado o passo a passo por aqui. Entre em https://accounts.google.com/SignUp e siga os passos que forem pedidos.

Registro do domínio

Agora você tem uma conta de e-mail para auxiliar na criação das contas dos outros serviços. O primeiro que você deve considerar se cadastrar é no registro.br. Este é o “cartório virtual” onde você irá registrar o seu domínio. Escolha um nome bem legal, como blogdopaoduro.com.br e preecha no campo principal do site registro.br.

Se seu domínio já estiver registrado, ele aparecerá como indisponível. Siga tentando com outros nomes até que esteja disponível.

registro

Se você estiver registrando um domínio para sua empresa, recomendo utilizar os dados da empresa, a partir do CNPJ, para que não exponha os seus dados como proprietário do domínio.

Preencha todos os dados que o registro.br lhe pedir. O seu domínio estará registrado após alguns minutos.

Deste custo não tem como fugir: R$ 30,00 por ano.

Contratar um servidor web gratuito

Agora que você já possui um domínio, é hora de contratar um servidor web.

free-web-hosting1

Existem várias opções pagas como Locaweb (bem conhecido no Brasil), Dreamhost, Hostgator e Bluehost são os que já utilizei e não tive muitos problemas.

Mas como estamos no Blog do Pão Duro, queremos o que há de mais barato, ou seja, DE GRAÇA!

Também existem muitos disponíveis no mercado. Tente encontrar um que não force a colocar propagandas em seu website. Faça uma busca por “free webhost” que você terá uma gama bem grande de opções.

Neste tutorial iremos utilizar o 000webhost. Ele oferece uma opção muito interessante de graça, com opção de adicionar até 5 sub-domínios e 5 endereços de e-mail, além de um espaço em disco de 1500MB, 2 bancos de dados MySQL (iremos utilizar um para o wordpress, mais a frente) e suporte a linguagens como PHP.

Não temos nenhuma relação com este host, portanto estamos apresentando ele apenas como um exemplo. Existem outras opções e eu recomendo fortemente vocês procurarem uma solução que se adapte ao que lhe convenha.

O cadastro neste serviço também é bem simples e deve começar clicando no botão “Order Now” da coluna de “Free Hosting”.

000webhost

Siga as instruções deste cadastro e você terá um serviço de hospedagem gratuito pronto para ser utilizado.

Uma parte um pouco mais técnica: Linkar o Registro com o Servidor

Agora vem uma parte um pouco mais técnica. Se você tem aquele sobrinho que manja muito de computador, é hora de chamá-lo no whatsapp! Mas se você não tiver medo de aprender, você também conseguirá!

Shocked Computer Nerd

Abra sua conta no registro.br e no 000webhost. Pegue o endereço de DNS que o 000webhost lhe dará e preencha nos campos respectivos do seu domínio no registro.br. Parece complicado, mas é só um “copiar/colar” e pronto.

Assim que o registro.br atualizar sua base de dados (que ocorre de meia em meia hora durante o dia), seu site já estará no ar com a página de testes do host.

Cadastrar os e-mails corporativos

Neste momento que você tem o seu site já linkado ao servidor é hora de criar os e-mails para o domínio. O cadastro é simples, através da própria interface do 000webhost, porém, se você se interessar em uma gama maior de produtos, também gratuitos, com um nível de confiabilidade muito grande, eu recomendo utilizar o ZohoMail. Este serviço é um pouco mais complicado de se configurar e é possível ver um passo a passo mais avançado em Como configurar um domínio completo só pagando o registro.

Se quiser, pode pular esta parte.

Hora de realmente criar o site

Agora que você já tem um registro e um servidor, é hora de ampliar os horizontes.

Eu recomendo FORTEMENTE a utilização de uma plataforma de Gerenciamento de Conteúdo, como o WordPress ou Joomla.

Neste tutorial estamos utilizando o WordPress por ser, hoje, a maior plataforma de Gerenciamento de Conteúdo do mundo, com quase 70% do mercado (segundo o próprio site do WordPress).

Faça o download da versão atual do WordPress na página https://br.wordpress.org/ (já em português) e siga os passos da documentação em http://codex.wordpress.org/pt-br:Instalando_o_WordPress. Existem inclusive vídeos com exemplos em alguns servidores como Hostgator e Locaweb como exemplo.

Deixe o seu website bonito

Agora que você já tem um site funcional e administrável através do WordPress, deixemos ele bonito! O WordPress funciona com temas. Estes temas são muito fáceis de instalar e muito fáceis de encontrar pela internet. Faça uma busca por “temas gratuitos para wordpress” ou “free wordpress templates” que você encontrará uma infinidade de opções.

Ao baixar o tema, é fácil a sua instalação. Siga os passos em: http://codex.wordpress.org/pt-br:Usando_Temas para instalá-lo em seu website.

Como deixar meu site em primeiro do Google?

dont-need-google

Pronto, agora você já tem um site bonito, funcional e com um conteúdo absurdamente bacana. Mas espera um pouco, NINGUÉM está vendo isso!

Uma das técnicas que estão extremamente na moda hoje são as técnicas de SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização de Mecanismos de Busca, em português). Estas técnicas que irão deixar o seu website na frente dos seus concorrentes no google.

Infelizmente esta é uma área muito vasta e foge completamente do objetivo deste tutorial, mas vamos falar disso em outros posts.

Mas como eu vou saber a performance do meu site?

Já que você está se empenhando para trazer novos visitantes para o seu site, você tem de possuir algo para medir o quão bem você está trabalhando.

GA_Home_Hero_01_dashboard

Para isso será necessária uma ferramenta para análise de visitantes. A ferramenta mais utilizada, de longe, para isso é o Google Analytics. Nele você terá informações básicas como a quantidade de visitantes por dia do seu site até informações mais avançadas como o navegador ou sistema operacional utilizado pelo usuário ou a resolução da tela do visitante.

Como deixar o meu site mais rápido?

Como você fez a opção de um host gratuito, a velocidade pode não ser a que você imaginava. Isto pode ser um problema se o seu site tiver um número muito grande de fotos, vídeos e outros recursos.

Podemos aumentar um pouco esta velocidade utilizando serviços de CDN (Content Delivery Network ou Rede de Fornecimento de Conteúdo, em português). Estes serviços irão “desafogar” um pouco o seu servidor.

Para a nossa alegria, temos opções gratuitas também destes serviços. O mais utilizado e que eu recomendo fortemente é o CloudFlare.

A configuração deste serviço é um pouco mais técnica, mas não é nenhum bicho de 7 cabeças.

Pra onde ir depois daqui?

Change-Management-where-to-go

Agora você tem um website gastando muito pouco. Já tem a possibilidade de administrar o conteúdo e o tema do seu site, recebe e-mails do seu próprio domínio, já sabe onde investir o seu tempo para melhorar a performance do seu site e como medi-la. O que mais pode ser feito?

Se você possui uma empresa local, como Tetê Araújo Massoterapia e Estética em Belo Horizonte, eu recomendo dar uma olhada no Google Meu Negócio. Ele irá ajudar a alavancar sua empresa em pesquisas como a do Google Maps e do próprio Google, deixando com uma apresentação mais elegante.

Além disso você também pode investir um pouco (deixa de ser PÃO DURO!) e pagar para aparecer nos primeiros lugares do google, na área de propaganda. Para isso você deverá utilizar o Google Adwords.

Conclusões

Depois de todas essas informações você já tem como, pelo menos, discutir com quem irá cuidar do seu website com um conhecimento maior.

Você tem aqui todas as informações necessárias para botar o seu site no ar, mas uma pessoa com um maior conhecimento com certeza fará isso com mais facilidade, porém ao contratá-lo você terá de desembolsar um pouco.

Porém eu recomendo que você tenha uma noção básica sobre como administrar o seu site, pois ninguém saberá controlar melhor o seu conteúdo do que você mesmo.

Fonte: http://jano.com.br/como-configurar-um-dominio-completo-so-pagando-o-registro/

Go to Top