O texto que havia me referido no post anterior sobre as medidas de construção:   Veja então um pequeno resumo das áreas e medidas, para cada ambiente de uma residência:

Cozinha — A área mínima é de 4 m², com no mínimo 90 cm no corredor de circulação, para facilitar o trabalho sem interferir na passagem. A pia para lavar louças deve ter, no mínimo, 55 cm de profundidade enquanto que a altura média fica em 92 cm, variando conforme a estatura dos proprietários da casa.

Área de serviço — Área mínima de 4 m², O tanque de lavar roupas deve estar em uma altura mínima de 80 cm.

Banheiro — As dimensões variam de acordo com as peças a serem instaladas e a categoria do mesmo, por exemplo, simples, de luxo ou funcional. Em todos os casos, a medida mínima (realmente mínima!) é de 80cm, em termos de praticidade, mas pode ser de 90cm e até 1 metro dependendo da legislação. Se tiver apenas a bacia sanitária a área mínima é de de 1,20 m². Com bacia sanitária e lavatório a área mínima sobe para 1,50 m² com os mesmos 80cm de medida mínima. Com bacia sanitária e chuveiro vai para 2 m². Se contiver bacia sanitária, chuveiro e lavatório precisará de 2,50 m². As dimensões do box de chuveiro não deveriam ser menores que 80 x 80 cm, mas em casos excepcionais se admite até 70cm, entretanto o ideal é que seja maior que 80cm, algo como 100 x 90 cm.

Lavabo — Quando é composto por lavatório e vaso sanitário sua dimensão mínima é de 80 x 120cm, ou seja, quase 1 m². A porta deveria ser aberta, sempre, para o lado de fora, não só para economizar o precioso espaço interno mas para permitir acesso ao interior caso alguém desmaie dentro do cômodo.

Hall de entrada — Para transitar sem aperto, facilitando a abertura da porta e a entrada de uma ou mais pessoas é preciso um espaço mínimo de 1,80 x 1,80 m.

Garagem — O projeto de garagens requer estudo cuidadoso, pois além do espaço ocupado pelo veículo propriamente dito há que se prever a circulação e manobra além da abertura de portas para entrada e saída de pessoas e bagagens. O espaço realmente mínimo é de 2,25 x 4,50 m, mas recomenda-se que, se possível, se passe para 2,80 x 5 m. Isto porque as vagas devem permitir que, quando o veículo estiver centralizado nela, exista um espaço mínimo de 30 cm ao redor para facilitando o embarque e o desembarque.

Adega — A colméia é o local onde se encaixam as garrafas levemente inclinadas, deve ter 30 cm de profundidade e cada compartimento deve possuir pelo menos 12 cm de diâmetro.

Dormitórios — A área mínima é de 8 m² enquanto que a dimensão mínima é de 2,50m. Para dormitórios confortáveis e versáteis, entretanto, recomenda-se que a dimensão mínima seja de 3,00 m. Aliás, a medida do dormitório costuma ser o módulo de medida usado no projeto de residências, quando se define a medida mínima do dormitório, que geralmente fica alinhado com a fachada do imóvel, passa-se a dimensionar os outros ambientes. Ao projetar um dormitório é preciso reservar espaço para a cama, que possui comprimento mínimo em torno de 2 m e largura que varia com o tipo. O modelo de casal tem ao menos 1,38 m mas pode chegar a mais de 2,00 nos chamados modelos “King Size”. Também é necessário espaço para circulação ao redor da cama, para tanto nas laterais deve haver uma distância livre de pelo menos 60 cm e de 75 cm nos pés da mesma. Um dormitório de empregada que realmente vá ser usado como tal deve ter, no mínimo, 6 m² de área e medida mínima de 2 m, coisa que dificilmente se vê nos apartamentos projetos atualmente.

Closet — A área mínima de um ambiente de vestir é 4 m², sendo que a área mínima é de 2 x 2 m. Isto porque é preciso prever espaço para a abertura das portas e também que um armário de boa qualidade tem 60 cm de profundidade e é necessário no mínimo 80cm de circulação. Os modelos comerciais de armário, entretanto, têm 55 ou até mesmo 50 cm de profundidade, insuficientes para colocar uma roupa pendurada sem amassar, mas se o usuário insistir em usar estes modelos poderá baixar a medida mínima para algo como 1,90m.

Salas — Devem ter no mínimo 8 m² de área útil. Para salas de TV, a área mínima recomendada é de 4 x 3 m com pé-direito de 2,40 m. Isto porque é preciso fornecer conforto acústico e visual para assistir TV ou escutar música, e a distância entre a TV e o telespectador deve ficar em torno de 2,50 m. A altura do centro do monitor de TV deve estar entre 50 e 80 cm do chão. No mínimo, uma mesa redonda para quatro pessoas deve ter 90 cm de diâmetro e uma para seis pessoas 1,25 m. Uma mesa quadrada com quatro lugares tem dimensão mínima de 1,30 x 1,30 m e a de oito lugares fica em 1,50 x 1,50 m. É recomendável reservar 80 cm entre o encosto da cadeira e a parede para que os usuários possam sentar e levantar tranqüilamente da mesa, mas se puder deixe um espaço maior. Não se esqueça também dos degraus. Para as escadas ou desníveis serem confortáveis e seguros, cada degrau precisa terno mínimo 0,17 m de altura e 0,27 m de largura. Nunca deve ser maior que 0,85 m. Assim você garantirá segurança na circulação.

Escadas e corredores — Quando de uso restrito, deve ter largura mínima de 0,90 m.Quando curva e estreita, a largura varia entre 0,70 m e 0,80 m. Para uma escadade uso comum, ou seja, com espaço para duas pessoas passarem ao mesmo tempo, a largura mínima exigida é de 1,20 m. Nas escadas de uso coletivo, ou seja, para três ou mais pessoas usarem ao mesmo tempo, a largura mínima exigida é de 1,90 m. Em todos oscasos, o pé-direito deve ter, no mínimo, 2,10 m.Não se esqueça também dos degraus. Para as escadas ou desníveis serem confortáveis e seguros, cada degrau precisa terno mínimo 0,17 m de altura e 0,27 m de largura. Nunca deve ser maior que 0,85 m. Assim você garantirá segurança na circulação

Outras medidas

Além destas medidas e áreas para os cômodos, diversos elementos de uma residência têm medidas mínimas, em termos de ergonomia, facilidade de manutenção e para instalar os eletrodomésticos. Veja:

Guarda corpo e peitoris — Geralmente projetado para a proteção de escadas e terraços,o guarda corpo deve ter altura suficiente para evitar quedas. A altura mínima deve ser de 85 cm, enquanto que um peitoril de janela deve ficar entre esta medida e 1,10.

Instalação Elétrica — As tomadas são colocadas em três alturas, conforme seu uso: as baixas, entre 25 a 40 cm. As de altura média, usadas geralmente para os interruptores,ficam entre 90 a 120cm, sendo mais usual a medida de 110cm. Já as tomadas altas,usadas para chuveiros, exaustores e aparelhos de ar condicionado, ficam entre 2,10 a 2,20 m.Os interruptores ficam entre 1 m a 1,30 m. Nos dormitórios, é importante colocar pelo menos dois interruptores, um junto à porta de entrada e outro perto da cabeceirada cama.A campainha deve ser instalada no máximo a 1,50 m de altura para permitir o acessoa crianças e portadores de deficiência física, e no máximo a 30 cm do portão, para que obraço possa alcançá-la sem esforço. Nessa parte de instalações elétricas existe uma norma da ABNT muito boa que fala muita coisa, principalmente saber qual a bitola do fio para cada corrente, baixe aqui.

Instalação Hidráulica — A altura mínima do registro da água do chuveiro deve estar a 1,20m e a ducha ou chuveiro a 2,10 m na parte de baixo, enquanto que o registro geral devem ficar a 1,90. Esgoto de tanque fica a 40 cm e de pia de cozinha a 50cmdo chão.

Portas — Nas medidas de portas deve-se entender o que é medida da folha e o que é vão-luz. Convencionou-se que a folha de porta entra 1 cm de cada lado e 1 cm no topo para encaixar no batente. Já o vão-luz é a medida livre no batente, sendo que a medida padrão para a altura do vão-luz é de 2,10m. Assim, uma porta com vão-luz de 80cm vaiusar uma folha de 82 x 211. Uma porta com folha dupla e vão luz de 1,40m vai usarduas folhas de 72 x 211cm.As medidas comerciais para as portas são de 60, 70, 80, 90 e 100cm. Usa-se a de 60cm em banheiros, lavabos e despensas, a de 70cm para banheiros e até nos dormitórios, mas nestes últimos é melhor ficar com portas de 80cm, para facilitar a entrada dos móveis. Nos corredores e portas de entrada recomenda-se portas de 90 em ou mais.Se necessário instalar um olho mágico, este deve ficar ao centro da porta em uma altura mínima de 1,50 m, mas que deve ser medida pela altura do olho da menor pessoada casa para garantir a comodidade de todos.

Janelas — Seu tamanho deve seguir o desejo dos proprietários e do projeto arquitetônico. Devem ficar numa altura que permita que uma pessoa em pé ou sentada dentro do ambiente consiga visualizar o lado de fora.Janelas de cozinha devem ter seu peitoril numa altura mínima de 1,25 m. Para dormitórios, escritório e salas, a altura mínima é de 1 m enquanto nos banheiros é de 1,80 m, podendo ser menos desde que se garanta a privacidade do usuário com elementos comovegetação, brise-soleil ou muros.Em qualquer caso, a área de iluminação deve ser de 1/10 da área de piso para ambientes de permanência prolongada, como salas e dormitórios, e de 1/7 da área de piso para ambientes transitórios, como banheiros e cozinhas. A área de ventilação natural deve ser de, no mínimo, a metade da superfície de iluminaçãoral para cada ambiente.Por exemplo, uma sala de 20 m² deve ter janela com no mínimo 2 m² envidraçada e que abrapermitindo vão de ventilação com ao menos 1 m².

Armários — Para qualquer tipo de armário o ideal é não ultrapassar 1,80 m, para evitar o uso freqüente de escadas. Pode-se usar armários mais altos, mas recomenda-se que não passem de 2 m desmontados, para que possam passar pelas portas. Em caso de optar pelos armários embutidos recomenda-se que, quando suspensos, tenham pés com altura mínima de 0,10 m para facilitar a limpeza.

Design Universal O dimensionamento dos ambientes e seus móveis, utensílios e acessórios são de extrema importância, existindo a ciência da Ergonomia para fornecer parâmetros. Numa evolução do estudo da ergonomia aplicado à arquitetura e ao desenho industrial surgiu a tendência do Design Universal, que busca fazer com que todos os ambientes e objetos sejam utilizáveis pelo maior número de pessoasl, sem exclusão, independentemente de sua capacidade física. Muitos projetistas pensam em fazer seus produtos apenas para pessoas normais e sadias, esquecendo-se de que existem pessoas que temporariamente ou não, andam em cadeira de rodas, que enxergam pouco ou têm deficiência auditiva.